Cunha Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy

Cunha Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy Copy

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Foi em Cunha que encontrei um coletivo de mulheres que compartilhavam em partes os mesmos desejos que eu, o de fazer ações  voluntárias a favor do emponderamento feminino, da sociedade e do meio ambiente. O senso de comunidade por aqui sempre me chamou atenção. Quando alguém precisa, um outro alguém ajuda, ninguém passa fome ou mora na rua, as trocas são muito  presentes e o dinheiro parece não ser o único protagonista de uma vida. Mas como na maioria das sociedades, as mulheres ainda não conquistaram sua independência, e muitas ainda sofrem violência doméstica. A feira contou com 40 expositoras , todas moradoras de Cunha, nascidas aqui ou que elegeram a cidade para morar, muitas vieram das roças mais distantes. Reunimos mulheres artesãs e também cozinheiras interessadas em produzir alimentos saudáveis, como biscoitos de aveia, pão de fermentação natural, tapiocas vegetarias, tortas veganas, pastel de pinhão, suco de frutas naturais, kumbuchas e salgados veganos e vegetarios. A feira foi emocionante, ao longo do dia oferecemos oficinas com os temas Gastronomia Saudável da Terra ao Prato, Economia Solidária, Brinquedos Reciclados, Direitos da Mulher e Yoga, além de música ao vivo cantada pelas vozes femininas , varal de poesia, e exposição de fotos sobre o cuidado com o lixo. A feira de dezembro de 2018 atraiu moradores, turistas e visitantes das cidades vizinhas.  No dia 8 de março, conversamos sobre o significado original do dia das mulheres em  um novo encontro, que foi lindo, com vivências e homenagens as mulheres fortes de Cunha que marcaram presença em suas ações e  na vida. Feliz em Tecer!

Tags:
Author:
Dani Hispagnol
danihispagnol@goute.com.br
No Comments

Post A Comment