Época do pinhão

Época do pinhão

E chegou novamente a época do Pinhão. Um pezinho de araucária demora em média 10 anos para crescer e produz depois de 15, 20 anos. É importante plantar, estão ameaçadas de extinção, eu já plantei algumas mudinhas em casa, mesmo nossa terra sendo repleta delas. Nessa época chove pinhão,  a pinha cai e espalha os pinhões pelo chão. A temporada é curta, mas muito farta.  Aprendi aqui na roça que o pinhão só pode ser comercializado depois do dia 15 de abril, respeitando a sazonalidade e a segurança. Alguns moradores locais ainda sobem  nas arvores para derrubar a pinha colocando suas vidas em risco e o equilíbrio natural em perigo.  Essa árvore tão linda e generosa reproduz uma vez por ano o adorado pinhão, esperar seu ciclo natural é respeitar a natureza e a vida.  Uma das delícias que o campo me trouxe foi com as próprias ramas  secas das araucárias acender um fogo lindo e forte  e sapecar o pinhão na brasa, é um ritual, todos ficam no entorno do fogo abrindo o pinhão que fica torradinho e amanteigado. Outra mania  adquirida foi cozinhar uma panela de pressão a cada dia para o chá da tarde, ooo delícia. Também estou tendo a oportunidade de criar muitas receitas, para quem é a adepto ao veganismo como eu o pinhão é um curinga que da substancia e textura para muitos pratos. Para comer muito e nunca enjoar, aqui algumas das receitas, aproveitem!

Moqueca de pinhão, banana da terra e palmito
Ingredientes:
-2 xícaras de pinhão.
-2 cocos para o leite de coco.
-2 pimentões coloridos.
-3 tomates para molho.
-1/2 limão.
-2 cebolas.
-2 bananas da terra.
-1 lata de palmito.
-sal e azeite.
-½ pimenta dedo de moça.
-azeite de dendê.
-coentro.

Modo de fazer:
1)Pré Preparo
-Cozinhar os pinhões por 1 hora na panela de pressão e retirar a casca.
-Descascar dois cocos e bater no liquidificador com 4 partes de água, coar no pano e reservar o leite.
-Retirar a casca dos pimentões: queime os pimentões na chama do fogão, coloque em saquinhos plásticos e espere esfriar um pouco. Retire a casca e sementes que já estarão soltas.
-Corte os tomates ao meio e retire as sementes, corte em cubinhos.
-Abra a pimenta dedo de moça e retire as sementes. Pique metade.
-Pique as cebolas, as bananas, o palmito e o coentro.

2) Na panela
-Refogar as cebola, acrescente sal  e os pimentões a até liberarem aroma, acrescente o limão espremido, refogue um pouco mais. Acrescente os tomates e refogue. Em seguida despeje o leite de coco, as bananas, os pinhões e o palmito, deixe cozinhar em fogo baixo. Acrescente o azeite de dendê, apague o fogo e acrescente o coentro. Gosto de servir com arroz soltinho e couve.

Risoto de abóbora, pinhão e ora-pro-nóbis
Ingredientes:
-1 xícara de arroz arbório.
-1 xícara de vinho branco.
-1 ½ cebola picadinha.
-1 alho poró picadinho.
-1 xícara de abobora picadinha.
-1 xícara de pinhão descascado.
-10 folhas de ora-pro-nóbis.
-1 litro de caldo de legumes feito em casa.
-1/3 xícara de molho de tomate feito em casa.
-salsinha.
-sal, azeite e pimenta.

Modo de fazer: mantenha o caldo de legumes quente em uma panela separada. Refogue a cebola, quando estiver dourada refogue a abóbora e alho poro. Acrescente o arroz e refogue bem, tempere com sal e pimenta. Acrescente o molho de tomate o caldo de legumes pouco  a pouco, mexendo bem o arroz para até ficar cremoso. Acrescente os pinhões e a ora-pro-nóbis. Acrescente o vinho branco e mexa bem, até evaporar. Acrescente salsinha, azeite e acerte o sal e a pimenta.

Colunista:
Dani Hispagnol
danihispagnol@goute.com.br
Sem comentários

Post A Comment