Peru Incaico (De Lima a Machu Picchu)

Peru Incaico (De Lima a Machu Picchu)

Quando estivemos no Peru, passamos cinquenta dias explorando a cultura e a gastronomia em muitas regiões. Foi uma experiência mágica. Uma viagem ao Peru proporciona uma amplitude de olhar e uma percepção da riqueza do simples, dos rituais, do respeito à natureza e do orgulho a própria cultura…

Ah… O Peru… As diversas altitudes, o mar abundante em peixes, os Andes com seus grãos e tubérculos e terminando na floresta com sua pletora de cores e sabores. É um país de encontro de tradições… índios, chineses e europeus.

Que bonito perceber o respeito e a conexão que eles têm pela Terra, a Pachamama. A Terra é considerada sagrada culturalmente por prover o alimento, até pouco tempo atrás,  qualquer tropeço na Terra era motivo para se pedir perdão.

Como a jornada foi longa, vou comentar a viagem em três posts. O Peru Incaico (De Lima a Machu Picchu), o Pré-Incaico (Arequipa, Canion del Colca, Titicaca) e Huaraz, a região das montanhas que caminhamos por dias em meio a natureza.

O Peru Incaico – De Lima a Machu Picchu:

Em Lima, produtos e culturas são os instrumentos de cozinheiros felizes e chefs incansáveis em experimentar, que atraem e surpreendem paladares de todo o mundo. Ali está a maior parte dos grandes chefes listados como os melhores do mundo. Escolhemos dois; No Malabar encontramos no menu ingredientes da selva, do mar e da montanha: habas, argila, batatas lliofizadas, cactus, lula, quinua, alpaca… O mesmo chefe tem um restaurante de ingredientes da Amazõnia que eu gostaria de conhecer na minha próxima viagem  ao Peru, o Amaz. No Central, de Virgílio Martinez, o chefe mais comentado do Peru, a cozinha de diversas altitudes e apresentações em pedra e grama fez de cada mini pedaço uma grande surpresa. Para os sentidos foi interessantíssimo, eu adorei. É caro, não mata fome, mas sim a curiosidade! São 20 etapas de diversão e admiração.

Quando chegamos em Cuzco senti uma energia densa, forte, incaica. A capital do Império Inca teve um povo guerreiro e conquistador que criou o maior império das Américas, eles viviam em estado de união com a natureza, devotando a ela significativa parte de seu tempo e de sua obra. Ali, eles domesticaram alimentos que se espalharam pelo mundo como o milho, o algodão, a batata e a quinua.  Hotéis lindos, pátios internos. No Palácio Nazarenas, fizemos uma aula de Yoga na biblioteca que jamais vou esquecer e uma visita ao mercado com a chef, seguida de uma aula de cozinha fantástica. Alguns ingredientes me encantaram, outros nem tanto! Será que em um futuro próximo nos alimentaremos de insetos com naturalidade? Eu prefiro buscar nos vegetais e grãos uma nova forma de nos alimentar…Essa é uma opção pessoal minha, baseada em uma percepção.. , no entanto, respeito o consumo de produtos animais, desde que seja feito com consciência, percebendo as formas de consumo e os impactos na saúde, no planeta e na vida dos animais.  Cuzco além de mística é divertida. Os restaurantes movimentados com pratos suculentos deixaram saudades. Pensamos até em morar em Cuzco, mas essa foi uma frase que foi se repetindo por algumas aventuras em nossas vidas até encontrarmos nosso Jardim.

De Cuzco fomos para o Valle Sagrado, de beleza cênica e povoado pelas preservadas vilas de Pisac, Moray e Ollantaitambo, por ali pudemos entender e sentir o passado glorioso desse império.

A chegada à pequena e simples Aguas Calientes se dá em uma estação de trem, rodeada por pequenas lojas de artesanato. Vencidos os corredores, lojas e vendedores, deparamo-nos com as grandes montanhas escavadas pelo rio Urubanba, as florestas de nuvens contrastam com a aridez dos Andes. Ali, em meio as árvores densas e pássaros coloridos, escondeu-se durante séculos uma cidade que povoou nosso imaginário: Machu Picchu… ainda que turístico nos dias de hoje, uma visita imperdível.

Cada etapa da viagem ao Peru é um mergulho mais profundo. A rota clássica por si só é uma grande experiência, mas tendo mais tempo o Peru Pré-Incaico é uma viagem a um mundo encantado, e as caminhadas pelas montanhas uma jornada de autoconhecimento e percepção da beleza de nosso planeta.

Novos Posts:
Peru Pré-Incaico
Peru Huaraz

Querendo ir para o Peru, organizamos sua aventura: goute@goute.com.br

Tags:
Colunista:
Dani Hispagnol
danihispagnol@goute.com.br
Sem comentários

Post A Comment